Pratas que valem ouro

Neste local repousa a maior coleção do mundo de prataria de qualidade fora de um museu, ou seja, à venda. Isso mesmo: qualquer um pode visitar - e comprar - no The London Silver Vaults, um antigo banco que, a partir de 1953, disponibilizou seus cofres-fortes do subsolo para comerciantes e antiquários especializados em prata.


Hoje, dezenas de dealers estabelecidos neste endereço da Citi Londrina (Chancery Lane) oferecem verdadeiros tesouros em prata inglesa, russa, portuguesa, chinesa entre outras procedências. Os preços são proporcionais à importância dos objetos que encontramos lá, antiguidades de primeira linha.
Vi um conjunto de xadrez israelense (o tabuleiro media 1m X 1m e as peças tinham, em média, 30 a 40 cm de altura) cuja pedida era de 225 mil Libras. Mas calma, amigos! Simples mortais, como nós, também podem tentar aquisições. Como essa caixinha oriental de prata, na forma de um instrumento de cordas tradicional japonês, dos anos 1960, que voltará comigo para o Brasil.


Logicamente, é proibido fotografar no interior do The Vault. O que é uma pena, pois as espessas portas de aço dos antigos cofres - com todas as travas e maçanetas mantidas intactas - são um capítulo a parte.
www.silvervault.com

 

Mais posts

Procure em nossa loja