Labradorita: iridescente como a bolha de sabão

Pense numa pedra “mágica”,  que chega quase a hipnotizar através de seu jogo de cores em tons metálicos brilhantes. Com uma iridescência típica da bolha de sabão e da asa de borboleta,  esta gema é a labradorita, encontrada no século XVIII na península do Labrador, no Canadá, de onde veio o seu nome.
 
Com efeitos azuis e verdes, predominantemente, a labradorita mais rara e apreciada é a que apresenta o espectro cromático completo, como o  arco-íris. Além do Canadá, existem jazidas no México, Rússia, Estados Unidos e Austrália.
 
Na joalheria, é muito utilizada nas lapidações cabochon ou briolé (facetas regulares por toda superfície da pedra).  Quando lapidada em contas facetadas, seu brilho se intensifica.
 
Para quem acredita na energia das pedras, a Labradorita é conhecida por acalmar a mente e remover energias negativas. Para as mulheres, dizem que equilibra os hormônios.
 
Gosto de usar labradoritas em cabochons grandes, para que o efeito de cores possa ser apreciado em toda sua plenitude. E prefiro montar as joias sempre em ouro amarelo ou prata, com banho de ouro amarelo, que intensificam o jogo de cor. Pedras de coloração verde cítrico como peridotos e titanitas resultam em combinação alegre; enquanto o rubi realça o tom rosa da pedra.

Mais posts

Procure em nossa loja