Chifre de búfalo, material exótico na joalheira

 

Na busca por materiais inusitados para compor minhas criações, encontrei terreno fértil no Vietnã, onde o artesanato com chifre de búfalo oferece peças de requintado design e acabamento esmerado.

 

 

Nos bazares locais, é possível encontrar uma variedade de objetos feitos a partir de chifre de búfalo d’água, animal nativo domesticado, utilizado há séculos para arar os arrozais nos pântanos do sul da Asia.

Além dos brincos, anéis e pequenas esculturas de chifre de búfalo, gosto muito de usar braceletes deste material, até porque eles dão boa base para o itens antigos que agrego.  Na coleção Organic, por exemplo, um par de braceletes suporta flores de esmalte e cristais, anos 1970.

 

 

Já na linha Oriental, idealizei outro bracelete poderoso com Cão de Fo de jade, diamantes chocolate e gotas de topázios.  Um outro exemplo que vale ressaltar é o maxianel de chifre com titanitas que desenhei para a coleção Africa, assim como um par de brincos com diamantes negros.

 

 

O que muito me encanta nos chifres são os diferentes matizes de cores que vão do negro ao marfim, passando pelo caramelo e âmbar: uma única peça pode apresentar desenhos incríveis através de manchas e “pinceladas”. 

 

Para quem aprecia o material, alguns itens de chifre de búfalo d’agua já estão entrando em produção, como outro bracelete gigante, encimando por mascara egípcia Lalique;  um par de brincos com a silhueta de mandarins; e uma mandala com o símbolo da longevidade.

 

 

Mais posts

Procure em nossa loja